Confeitaria do Mel

Esta antiga fábrica de produtos de confeitaria, foi desativada há alguns anos, depois de mais de 50 anos a funcionar. Aqui fizeram muitos produtos, como rebuçados e marmeladas, fruta cristalizada e conservas de fruta, que eram distribuídos por vários países da Europa.

A fábrica encontra-se maioritariamente vazia, com exceção de um carro, alguns restos de produtos alimentares, documentos e uma máquina de picar o ponto que, na minha opinião, é a parte mais interessante do local.

Ao longo dos tempos, o registo de ponto foi sofrendo uma evolução. As empresas começaram por usar livros de ponto, no entanto com a intenção de evitar marcações incorretas, começaram por introduzir máquinas de picar o ponto. Surgiram então os relógios de ponto cartográficos e mais tarde os relógios de ponto com cartão magnético.

Estes relógios de ponto são coisa do passado, obviamente, mas é interessante que depois de uma pequena pesquisa, descobri que a marca desta máquina “DIMEP”, ainda existe e atualmente tem terminais de identificação utilizando a biometria facial, exemplo claro de uma empresa que soube evoluir com o tempo.

Por esse país fora, o que não faltam são fábricas abandonadas, a maioria faliu e consequentemente fecharam portas. Todos os dias, durante muitos anos, os operários desta unidade fabril chegavam, picavam o ponto e trabalhavam arduamente, até que um dia, as portas simplesmente fecharam.

André Ramalho

Sou um apaixonado por fotografia e locais abandonados, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar os meus registos e aventuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.