Armazém de Produção

Não sabia bem que nome dar a este local, até porque fiquei em dúvida sobre o tipo de máquinas que existem no interior. Não percebi bem qual a sua função, mas após algum tempo de pesquisa penso que encontrei as respostas.

À entrada existe um lagar de azeite, depois uma sala com uma máquina de embalar em vácuo e duas máquinas de costura industriais, mas a máquina que me suscitou mais curiosidade acabou por se relevar servir para a debulha de arroz, pelo menos foi os resultados que conclui com as minhas pesquisas sobre o local e máquinas, mas se estiver errado e obter mais detalhes no futuro, actualizo esta publicação.

Não tenho problemas em revelar coisas que não conheço, não sou do tempo destas máquinas e não estive ligado à industria do arroz ou a outra industria parecida… é normal encontrar máquinas em locais abandonados que não faço ideia para que função serviam, mas é engraçado tentar perceber e pesquisar sobre o assunto.

Sou um aficionado pelas novas tecnologias, mas sou também um curioso pelo passado… cresci na altura das cassetes e disquetes, e hoje em dia um miúdo de 10 anos não faz ideia do que foram, e é normal… são outros tempos.

Este armazém serviu durante muitos anos como meio de sustento de uma família, que produzia aqui diversos produtos e vendia-os a distribuidores locais. Não sei o motivo do abandono, mas presumo que a evolução normal dos tempos tornou o negócio e as máquinas obsoletas.

André Ramalho

Sou um apaixonado por fotografia e locais abandonados, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar os meus registos e aventuras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *