Casa dos Mármores

Em 2018 num daqueles sábados de chuva que só dá vontade de ficar em casa a ler um livro ou a ver um filme, andava eu à procura de locais abandonados para fotografar.

Tinha esta casa marcada no meu mapa para verificar e quando cheguei ao local o mato à sua volta era tanto que fiquei logo desencorajado, mas após alguns minutos de persistência consegui dar com a entrada.

Fiquei um pouco desiludido com o interior da casa porque os móveis tinham sido todos (ou quase todos), desmontados e amontoados numa divisão, talvez com o intuito de um dia serem retirados da casa, mas nunca foram. Gostei da escadaria que existe no interior, as paredes pareciam mármore e dai apelidar este local como “Casa dos Mármores”.

Comecei a fotografar, e fiquei surpreendido com a capela que encontrei, não contava que a casa tivesse uma. Sensivelmente 20 minutos depois da minha chegada ouvi uns barulhos, eram duas pessoas a falar… Olhei pela janela e constatei que realmente existiam dois homens do lado de fora da casa.

Inicialmente não consegui perceber o que estavam a fazer, e pensei que fossem tentar entrar na casa, e foi nesse momento que pensei “devia era ter ficado em casa a ver um filme”… Mas felizmente os dois indevidos continuaram a caminhar e foram para uma zona mais distante, onde pude constatar que estavam três vacas e que eles apenas iam dar-lhes de comer.

Fiquei mais descansado… Pouco tempo depois foram embora e pude continuar a fotografar descansadamente. Não percebi se eram os donos, ou apenas uns vizinhos que utilizam os terrenos, mas de qualquer das formas o interesse deles na casa era nulo.

Tentei pesquisar informações sobre o imóvel mas não encontrei nada de concreto. Existem rumores que a casa pertenceu a um visconde, um português que fez fortuna no Brasil e regressou no princípio do séc.XX.

Este ano voltei ao local, andava na zona e por curiosidade fui lá… Se o mato em 2018 era muito, agora está bastante pior. Tirei mais algumas fotografias do local e fui embora, não voltarei mais… E mesmo que tencionasse regressar com o mato a crescer tanto, daqui a pouco tempo já ninguém lá entra.

André Ramalho

Sou um apaixonado por fotografia e locais abandonados, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar os meus registos e aventuras.

2 thoughts on “Casa dos Mármores”

  1. Os meus parabéns pelo excelente trabalho de pesquisa evidenciado aqui no site e pela qualidade das fotografias. Uma pena locais destes estarem ao abandono, mas, ao mesmo tempo, a sua beleza também reside nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *