Casa do Médico

Nesta casa viveu um médico, o Dr. Amadeu que tinha uma pequena coleção entomológica, mais especificamente uma coleção de insetos, principalmente de borboletas. Nota-se que a casa já está abandonada há muitos anos, mais de uma década certamente. Esta casa foi descoberta por um colega meu, e por fora da casa existe tanto mato que eu possivelmente passaria na rua e nem perceberia que a casa estava lá.

Nota-se que a casa já foi remexida e alvo de furtos, o que é normal pois fica próxima de uma rua movimentada. Talvez o mato actualmente até proteja um pouco a casa, que assim fica camuflada dos larápios.

Foi uma das últimas casas que visitei nesse dia, e foi uma visita super rápida, não deu para explorar tudo correctamente. Tirei algumas fotos com o telemóvel a alguns documentos e cartas para depois ler com mais atenção. Infelizmente a letra do Dr. Amadeu, é como as letras que normalmente os médicos tem, que são impossíveis de ler e portanto não consegui descobrir muitas informações sobre a história da casa.

O ponto alto da exploração é o escritório do Dr. Amadeu onde é possível encontrar livros antigos, o arquivo clínico com as fichas dos doentes, e até uma pequena colecção de borboletas. O médico a certa altura deu consultas privadas neste escritório improvisado, e guardava as fichas clinicas dos seus doentes num armário. Numa das fotos é possível ver inclusive uma marquesa, mas tem tanto material em cima que só depois de começar a fotografar a sala é que reparei.

Pelos comentários que vejo aqui no blog e redes sociais, percebo que as casas completas, os antigos palacetes e solares são normalmente os locais abandonados que despertam mais atenção nas pessoas. Mas eu tenho um carinho especial por estas casas mais recentes, olho para este género de casas e consigo associar pequenas coisas à minha infância, consigo imaginar-me a viver ali, talvez porque me lembrem das casas que frequentava quando era miúdo.

Fica a questão, como fica tantas vezes, porque razão um casa destas, uma casa que ainda está em condições razoáveis para habitação com muitas coisas no interior, como podem deixa-la assim esquecida? Sinceramente não sei, mas pode ser que mais informações sobre a história da casa apareçam, e se for o caso irei actualizar esta publicação.

André Ramalho

Sou um apaixonado por fotografia e locais abandonados, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar os meus registos e aventuras.

2 thoughts on “Casa do Médico”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *