Fábrica Elias & Paiva

Em Alcobaça, existiram algumas fábricas de cerâmica e a grande maioria estão ao abandono. Uma delas é a Elias & Paiva, uma fábrica fundada em 1946 e que chegou a ter mais de 300 trabalhadores, mas fechou em 2001, deixando salários em atraso e o edifício totalmente ao abandono.

Na altura, os trabalhadores juntaram-se e em forma de protesto, participaram numa marcha de cinco quilómetros, até à residência de um dos administradores. Os operários da empresa, que encerrou em meados de Dezembro de 2001, exigiram o pagamento dos salários de Outubro, Novembro e Dezembro e as indemnizações em dívida, responsabilizando a administração da fábrica pela falência.

A direção da Elias & Paiva alegou “problemas económicos” e “falta de dinheiro para investir na reestruturação da empresa” como justificações para o encerramento. Os operários nunca chegaram a receber os valores que estavam em divida e seguiram a sua vida, mas em entrevistas indicaram que a administração foi a culpada por recolher os lucros e não os voltar a investir e que existiu má fé quando venderam o espólio da empresa antes do encerramento.

Em Agosto de 2018, foi colocada uma placa a indicar “Venda Judicial” no edifício que albergava a fábrica de Loiças Elias & Paiva. As fotos têm cerca de um ano e embora o local esteja à venda, pelo que sei, encontra-se praticamente na mesma.

 

André Ramalho

Sou um apaixonado por fotografia e locais abandonados, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar os meus registos e aventuras.

1 thought on “Fábrica Elias & Paiva”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *